Aposentadoria por conta própria. Tudo que você precisa saber!

Quando perguntamos a alguém sobre como se veem na terceira idade, a maioria das pessoas respondem que se imaginam aproveitando a vida de aposentado, viajando ou algo parecido. Se você também se vê dessa forma, saiba que talvez a melhor opção seja montar um plano por conta própria para se aposentar.

Mesmo que você contribua com o INSS, o que você vai receber de aposentadoria no futuro poderá não ser suficiente para manter um padrão de vida no qual você se imagina, ao parar de trabalhar.

Não é nenhuma novidade que o benefício oferecido pelo governo não é suficiente para bancar uma vida confortável, em grande parte dos casos.

Segundo o Boletim Estatístico de Previdência Social, o valor médio da aposentadoria por idade no Brasil atualmente é em torno de R$1.197,44.

Por isso, se seu plano for viajar, come bem e ter experiências novas, o ideal é sim, começar a planejar sua aposentadoria de agora.

Como fazer? Comece a planejar o futuro. É essencial começar a poupar, aprender onde investir o seu dinheiro e cogitar empreender são formas de correr atrás da sua aposentadoria.

Invista um percentual da renda todo mês

A melhor forma de garantir uma boa aposentadoria é com você cuidando dela. E isso exige disciplina e comprometimento com suas metas e planos do futuro. Mas como saber escolher os investimentos certos para se aposentar por conta própria? Primeiramente, pesquise tudo sobre investimentos e descubra o seu perfil de investidor, para a partir daí, saber qual tipo de aplicação atende melhor o seu propósito.

Qual seu perfil de investidor?

O tipo de aplicação recomendado varia de acordo com a idade, renda e metas de cada pessoa. Algumas opções podem ser:

  • Tesouro IPCA
  • Debêntures
  • Fundos de investimento
  • Fundos de previdência

Depois de escolher o investimento, estabeleça qual o percentual mínimo da renda para investir todo mês. (Por exemplo: 10% do seu salário). Escolha de acordo com o seu estilo de vida atual e o com o que você pretende ter futuramente.

Compre imóveis

Outra forma de se aposentar por conta própria, é transferindo uma parte do patrimônio para imóveis, para garantir a renda de aluguéis no futuro. Esse é um investimento que costuma gerar uma renda adequada e tem baixo risco.

No caso deste investimento, é necessário colocar em conta as manutenções e despesas exigidas pelos imóveis. Pra isso, coloque tudo na ponta do lápis para saber se irá valer a pena.

Segundo especialistas de finanças, o ideal é que se coloque em torno de 30% do patrimônio em imóveis. Também vale investir em fundos imobiliários para diversificar os investimentos.

Faça um plano de previdência privada

Contar com a renda de seus próprios investimentos é o ideal para garantir uma aposentadoria confortável e adequada. Uma das opções a ser cogitada é fazer a contratação de plano de previdência privada. Pensando no retorno, essa não é a opção mais cogitada, levando a muitas pessoas optarem a investirem sozinhas.

Mas se você não for um investidor nato, que não sabe por onde começar e não possui a disciplina necessária, vale a pena colocar essa possibilidade como mais uma das fontes de rendas futuras.

Apenas compare as opções e veja quais possuem os melhores ganhos.

Contribua por conta própria com o INSS

Trabalhadores autônomos, microempreendedores individuais e donas de casa podem contribuir com INSS por conta própria, caso assim deseje.

Como já falamos, é importante não contar somente com a Previdência do governo, mas isso não quer dizer que você precisa descartá-lo.

O melhor é pensar nele como um seguro. Ou seja, só mais uma forma de renda, na qual você não vai precisar depender para sobreviver.

Como contribuir por conta própria?

  1. Se inscreva no Programa de Integração Social (PIS)
  2. Selecione o tipo de contribuição (individual, para quem exerce atividades remuneradas, ou facultativa, para donas de casa, estudantes e desempregados)
  3. Faça o pagamento da Guia da Previdência Social (GPS) todo mês nas casas lotéricas ou através da internet.

Monte seu plano para se aposentar por conta própria

Para montar seu plano de aposentadoria, você não precisa se limitar a apenas uma opção das que citamos. Você pode e deve ter várias fontes de aposentadoria para futuro. Quanto maior forem suas fontes de renda, maior será o seu conforto no futuro.

Independente da opção escolhida, o mais importante é ter um planejamento. Afinal, são investimentos que precisaram serem ministrados por anos.

É necessário que esse planejamento seja encarado com responsabilidade e disciplina, para que você não se auto sabote na primeira dificuldade encontrada pelos momentos da vida.

Para te ajudar a ter um plano, separamos algumas dicas:

  • Defina em qual idade você pretende estar aposentado
  • Calcule qual valor você vai precisar no futuro para ter uma segurança e conforto de vida futuramente? Coloque em conta a inflação.
  • Escolha quais serão os seus investimentos. Não se limite a apenas um e procure rendimentos que estejam acima da inflação.
  • Determine um percentual mínimo para aplicar todo mês e sempre que sobrar algum valor no seu orçamento, acrescente ao investimento.
  • Acompanhe os seus investimentos e esteja sempre atento a novas oportunidades de investimentos.
  • Foque sua mente e mantenha a disciplina. Não sabote o seu planejamento!

Pode parecer distante, mas no futuro quem garantir a própria aposentadoria, vai olhar para trás e agradecer por ter conseguido se manter no planejamento e saberá que os sacrifícios valeram a pena.